Pai Obaluayê


Conforme prometi segue o texto sobre o segundo Orixá que rege o Mistério Ancião, Pai Obaluayê.

Pai Obaluayê ocupa junto com Mãe Nanã ou Vovó Nanã, como alguns chamam carinhosamente, o Trono da Evolução.

Seu nome sofre algumas variâncias conforme a região já vi irmãos de fé se referindo ao amado Pai como Abaluaê, Abaluaiê, Obaluaê, essas são as formas que me recordo, mas no fundo é o mesmo Orixá.rina que sigo, são Orixás distintos, na cartilha antiga ou tradicional reza que os 2 são o mesmo Orixá com o diferencial de Obaluayê ser o novo e Omulú o velho, como acontece com Oxalá, Oxaguiã e Oxalufã.

Pai Obaluayê e Mãe Nanã são os únicos Orixás bi-elementais, respectivamente, são terra/água e água/terra. Nessa bi elementaridade o elemento terra confere a Pai Obaluayê estabilidade e o elemento água mobilidade.

É comum observarmos nas incorporações dos seres naturais de Pai Obaluayê o curvamento do corpo do médium, essa ação ocorre em função da qualidade telurica que acaba, puxando para baixo o tronco do médium, não tendo nenhuma relação com o fato de ser velho.

Além de trabalhar o aspecto da transmutação ele é o senhor das passagens de um plano para o outro, ou seja Obaluayê é quem faz a passagem de um plano para outro e Omulú é quem rege o mistério da morte.

Informações Interessantes sobre Pai Obaluayê:

Número: 4
Planeta: Jupiter
Sincretismo: São Lázaro
Cor: violeta

A seguir vamos ensinar uma oferenda simples para Pai Obaluayê:

Oferenda para os Senhores Exus e Senhoras Pomba Giras de Pai Obaluayê

1 vela preta
1 vela vermelha
1 vela violeta
1 cigarro de filtro branco
1 charuto
1 champanhe rosé
1 garrafa de água ardente

No chão ao lado esquerdo de onde se pretende arriar a oferenda fazer um triângulo com as velas sendo no vértice, que aponta pra cima, ficará a vela violeta, no vértice esquerdo a vela preta e novertice direito a vela vermelha.
Acender as velas e circular o triângulo com as bebidas depoitando as garrafas dentro do triângulo.
Acender o charuto e o cigarro e colocar, respectivamente, na boca da garrafa de água ardente e de champanhe.
Ajoelhar e pedir licença aos Exus, Exus Mirins, Pomba Giras e Pomba Giras Mirins de Pai Obaluayê para arriar sua oferenda só então começar a montar a oferenda para Pai Obaluayê.

Oferenda a Pai Obaluayê
1 pano branco (50cmx50cm)
1 pano preto (50cmx50cm) 1 coité 7 velas brancas 7 velas violetas
vinho rosé licoroso em um prato cerâmico colocar: pipocas estouradas sem gordura e sem sal
coco seco (fruta) fatiado e coberto com mel
crisantemos brancos

Colocar aos pés do cruzeiro no Campo Santo (Cemitério) os panos sobrepostos de forma q se veja os 2 panos, conforme mostraremos na ilustração. Sobre os panos no centro colocar o prato com a pipoca, o coco cobertos com mel, circular com os crisântemos, sem os cabos, colocar a garrafa de vinho aberta com um pouco servido no coité em cima dos panos. Por fim circundar a oferenda com as velas, acender, ajoelhar-se e fazer o mais imoportante que é fazer a invocação ao Pai Obaluayê e fazer os pedidos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lua Grande? Lua Pequena?Uma Lua? Ai meu Deus, qual a diferença???

As quartinhas na Umbanda

O Alguidar na Umbanda