A minha Umbanda, a sua Umbanda, a Umbanda dele?


Tenho acompanhado diversas comunidades onde se discute as mais diversas vertentes de pensamento umbandista e a variedade de culto que existe nos terreiros pelo Brasil a fora.
Em geral discussões acaloradas e em geral chegando até mesmo a falta de respeito, citando-se autores ou dirigentes espirituais colocando em dúvida seus trabalhos e até mesmo fazendo críticas caluniosas.
Eu sinceramente gostaria de saber onde pessoas assim querem chegar, o que isso vai acrescentar em suas vidas?
Penso que se discordam porque não trabalham no sentido de expor o seu pensamento e suas convicções como alguns tiveram coragem de fazer?
Chamar de marmoterios, embusteiros, aproveitadores, entre outras adjetivações caluniosas em nada vai adiantar.
Afinal todos tem o direito de aceitar ou não o pensamento do outro entretando devem respeitar quem pensa diferente.
Estou me cansando de participar das comunidades do Orkut exatamente por essa razão tem muitos que se julgam donos da verdade e quando aparece alguém que pensa diferente esse alguém sempre é ironizado e desrespeitado na comunidade.
As vezes penso em sair de todas as comunidades que participo e ficar somente com as que administro, pois vejo que em 99,99% das comunidades que faço parte o diáologo cordial é inexistente e 99,999% das discuções são infrutíferas.

Peço desculpas pelo desabafo.

Um abraço fraterno.

Daniel

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lua Grande? Lua Pequena?Uma Lua? Ai meu Deus, qual a diferença???

As quartinhas na Umbanda

O Alguidar na Umbanda