Preceito Religioso


Salve, salve, Galerinha do Bem!!!


Hoje quero falar com vocês sobre a importância do preceito religioso ou como algumas casas chamam resguardo. O preceito é um preparo para os trabalhos espirituais que serão realizados na semana. Esse preceito, resguardo, pode ser maior ou menor dependendo da casa onde vocês frequentam, mas o ponto comum entre todos os preceitos é a interdição do consumo de bebidas alcoólicas e relação sexual, falaremos sobre o resguardo sexual em outro artigo.

Certamente boa parte das pessoas aprecia tomar um drink no final de semana com os amigos e certamente conhecem as consequências de quando exageramos no consumo de álcool , que pode variar de uma enxaqueca, que muitos chamam de ressaca até o coma alcoólico que pode trazer consequências gravíssimas além de aumentar o risco de contrair cirrose hepática. 

Em campanhas do governo contra o consumo de bebidas alcoólicas por quem vai conduzir um automóvel pelas ruas é comum ouvir alguém dizer "Ah uma cervejinha não vai fazer mau a ninguém" muito se engana quem pensa dessa forma. O consumo de álcool, independente da quantidade consumida, provoca alteração nos reflexos de quem o consome por isso é perigoso.

Assim como altera nossos reflexos motores o álcool também altera nosso nível de consciência e percepção o que prejudica sensivelmente a incorporação nos deixando vulneráveis às investidas de kiumbas, zombeteiros e obsessores, toda sorte de espíritos que não desejam que as pessoas que vêm a nossos terreiros em busca de auxílio ou socorro sejam ajudadas.

Como o álcool mexe com nossos sentidos nos torna suscetíveis à ação de espíritos obsessores que  aproveitam que estamos sob o efeito do álcool para saciar sua necessidade de satisfazer seu vício, como é possível observar nas ilustrações ao lado e abaixo.

É por essas razões que existe o preceito do álcool antes dos trabalhos mediúnicos, mesmo quando o trabalho será realizado com Exus e Pombogiras, por mais que eles bebam e fumem estão manipulando essas energias em benefício da pessoa que os procura e até do próprio médium.

Quero deixar claro que não sou o detentor da verdade única e absoluta a esse respeito cada casa ensina e explica esse assunto da forma que acredita ser correta, este, é o meu entendimento sobre o assunto


Esta é a mensagem que tenho para hoje.

Meu abraço fraterno a todos.


Pai Daniel
O Japa Umbandista

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lua Grande? Lua Pequena?Uma Lua? Ai meu Deus, qual a diferença???

As quartinhas na Umbanda

O Alguidar na Umbanda