10 Anos de Trabalho!!!


Salve, salve, Galerinha do Bem!!!

Hoje estava olhando o histórico de mensagens aqui do blog e fiquei surpreso, pois este ano, no dia 03/06/2017 às 03:00 o Blog Pensamentos e Reflexões de um Filho de Pemba completou 10 anos de existência com mais de 160 textos publicados!!!

Na minha opinião 10 anos com quase 200 textos publicados, nos quais é possível notar a evolução e crescimento do Blog como de seu redator é motivo para se celebrar.

Em especial no momento em que estamos vivendo atualmente onde as religiões de matriz africana como a Umbanda e o Candomblé são constantemente vítimas do preconceito e intolerância religiosos por parte de fanáticos religiosos que não vivem verdadeiramente os ensinamentos que dizem pregar.

Este blog já foi, por algumas vezes alvo de comentários cheios de ódio e intolerância, que, no entanto, foram, na medida do possível, respondidos com a devida tolerância e educação que todo ser humano merece.

Quero agradecer a todos os irmãos que têm acompanhado meus textos, que humildemente, refletem a minha forma de ver e entender a religião, que mostram como pretendo conduzir meu terreiro e meus filhos assim que eu tiver a benção de encontrar um lugar para fundar meu chão.

Aprendi com meu preto velho, Pai Guiné de Aruanda, o valor de um muito obrigado, e por essa razão sou imensamente grato a Nzambi por me escolher para ser um soldado de seu exército branco, a todos os Pais e Mães de santo que fizeram parte de minha jornada espiritual, em especial meu Tat'etu Marcelo que deu nova direção, novos caminhos, novos entendimentos ao meu trabalho espiritual.

Também quero agradecer a Xangô, Yemanjá e Oxum que tanto me abençoam todos os dias de minha vida, sem eles eu definitivamente nada seria, meu muito obrigado a meu Cigano Ramon de Andaluzia e a meu Exu Sr. Capa Preta das Almas, que foram as entidades que abriram caminho para todas as outras poderem se manifestarem. Minha gratidão eterna ao Caboclo Serra Negra, Caboclo Mata Virgem, Cabocla Jurema da Mata, Pai Guiné de Aruanda, Vovó Joana de Angola, Sr. Raimundo, Dna Sá Rita Baiana, Sr. Zé das Campinas, Sr. Zé Pilintra, Sr. Zé da Proa, Erê Otázinho, Dna Maria Padilha das Almas, Dna Maria Farrapo, Sr. Tranca Ruas das Almas, Sr. Caveirinha, por toda sustentação que me deram e continuam a dar e pelas mãos sempre estendidas até quando eu não mereço.

Não posso deixar de agradecer o Sr. Gato Preto, Sra. Dama da Noite, Sr. Laço de Ouro, Sr. Martim Pescador, Pai João de Mina e toda a família espiritual de meu Tat'etu. Muito obrigado é pouco para expressar o quanto sou grato aos Senhores e Senhoras. Que Nzambi possa retribuir tudo que recebi de todos até o dia de hoje. Parte do que sou hoje e de meu crescimento pessoal e espiritual eu devo a todos os senhores e senhoras.
Por fim, mas não menos importante, a você leitor que acompanha esse blog. A razão de me sentar em frente ao computador para escrever um novo texto é você, sem sua atenção, seu tempo empregado na leitura do que escrevo nada disso teria alcançado seu objetivo que informar e orientar. Muito, mas muito obrigado mesmo e peço que continuem avaliando meu texto com +1 no G+ e compartilhem os textos para que mais e mais pessoas possam ser ajudadas.


Meu abraço fraterno a todos!!!


Pai Daniel 
O Japa Umbandista


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lua Grande? Lua Pequena?Uma Lua? Ai meu Deus, qual a diferença???

As quartinhas na Umbanda

O Alguidar na Umbanda