Fim de Ano

Prezados irmãos,

Chegamos ao final de mais um ano... Natal... Ano Novo... Presentes... Mesa farta... Muita comida e bebida sobre nossas mesas, alegria, risos...

Tudo isso é muito bom porém já há algum tempo que tenho notado que o verdadeiro sentido, motivo das festas de fim de ano se perdeu no tempo. Atualmente nota-se uma grande preocupação com as compras e viagens de fim de ano. Em alguns casos existe até a preocupação de algumas pessoas de que seu presente seja o melhor de todos ofertados a alguém.

Talvez esse comportamento seja fruto do "consumismo" exacerbado despertado nas pessoas pela melhora no poder aquisitivo ou pelos apelos do marketing aos quais estamos espostos 24 horas por dia seja nas mídias impressas, digitais, televisivas etc.

Muitas pessoas desconhecem o verdadeiro significado dos presentes ofertados pelos três Reis Magos à Jesus, no dia de seu nascimento. A Jesus foram ofertados Ouro, Mirra e Incenso, estes presentes possuem uma razão, um significado, para serem ofertados ao Messias.

O ouro naquela época o ouro era o presente que se ofertava a um rei, significando riquesa e prosperidade, o olíbano (também conhecido como incenso) representava a espiritualidade e a mirra é uma resina que era utilizada no embalsamamento de corpos e simbólicamente significava a imortalidade.

Atualmente de que significados revestimos os presentes que ofertamos às pessoas que amamos? Já pararam para pensar nisso? Geralmente quando se aproximam as festas de fim de ano é comum vermos as pessoas se preparando para as compras ou indo aos shoppings de maneira automática para comprar o presente de seus filhos e parentes. Aí fico me perguntando de que significado estes presentes estão revestidos?

Conversando com uma amiga ela me respondeu que quando compra presentes o significado que reveste esses presentes são o desejo de querer agradar, me respondeu com um olhar de quem diz " é isso aí oras bolas".

Ontém à noite fui comprar os presentes para minha sogra e cunhada, entrei uma loja de perfumes e pedi um conjunto que vinha em uma caixa bonita, quando a moça que me atendia fechava a caixa ela me mostrou uma faixa na caixa dizendo: "nesta faixa existem vários sentinmentos, com esse marcador você pode escolher aquele que você deseja para sua sogra" eu achei aquilo genial, em fim um presente que comprei estava indo com algo mais que meu desejo de que a pessoa goste, estava indo com um desejo bom para a pessoa que o receberá, no caso minha sogra.

Então o que proponho para esse fim de ano é que num momento do dia ou após a ceia cada um de nós possa se recolher e avaliar de forma sincera e verdadeira o ano que se finda e traçar planos para o ano que nasce para nós.

Vejam bem irmãos, falo em traçar planos, planos reais, e não promessas que incontáveis vezes ficam mesmo só promessas, pois não são promessas. Poderia aqui descrever rituais, mandingas e simpatias para o ano novo, mas este não é meu intuito com este blog, meu objetivo aqui é o de informar e conscientizar as pessoas que recorrem a ele como meio de informação.

Fica esta sugestão para encerrar o ano e meu abraço como sempre fraterno e o desejo de bom ano.

Pai Daniel

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lua Grande? Lua Pequena?Uma Lua? Ai meu Deus, qual a diferença???

As quartinhas na Umbanda

O Alguidar na Umbanda