Homenagem à Mãe Zilméa de Moraes.

É com pesar que informo que na tarde de 16 de setembro de 2010 às 17:30 (horário de Brasília) na cidade de Ilha Bela, Litoral Paulista, faleceu Mãe Zilméa Moraes da Cunha, filha do saudoso Zélio Fernandino de Moraes.

Estou certo de que cumpriu sua missão com amor, fé, respeito e dignidade. 

Rogo aos Pais e Mães Orixás, Guias e Mentores que a recebam à luz de suas faces e que transmitam a ela todo o amor, carinho, respeito e admiração que todos nós Umbandistas sentimos por ela.

Mãe Zilméa, descanse em paz e esteja certa de que estaremos aqui levando adiante a bandeira da Umbanda.

Com o coração em luto.

Meu Saravá fraterno.

D A N I E L

Comentários

tiagomaçon disse…
Uma grande pessoa nos deixa, sua importância na história da Umbanda é incalculavel, mas com toda certeza ela fez muito por pequenas pessoas e isso sim é onde esta sua grandeza.

Vá com todas as bençãos

Postagens mais visitadas deste blog

Lua Grande? Lua Pequena?Uma Lua? Ai meu Deus, qual a diferença???

As quartinhas na Umbanda

O Alguidar na Umbanda