15 de Novembro - Dia Nacional da Umbanda


Salve, salve, Galerinha do bem!!!


Hoje quero falar com vocês sobre o Dia Nacional da Umbanda. Sem dúvida o 15 de novembro ter sido reconhecido como uma data importante para nossa religião e a partir de um Decreto Lei ter reconhecimento como data oficial em que se presta homenagens à religião foi muito importante no sentido de termos visibilidade e fazer com que o Governo em duas diversas esferas reconheça que nós existimos e não somos tão poucos como dizem que somos nos sensos do IBGE.

Embora tenha todo esse lado positivo que mencionei no parágrafo inicial deste texto é preciso reconhecer que a Umbanda teoricamente já existia antes mesmo do saudoso Pai Zélio Fernandino de Moraes ter dado forma e diretrizes ao culto religioso. Se pararmos para pensar muito antes da manifestação do Caboclo das 7 Encruzilhadas se manifestar já existiam as benzedeiras e rezadeiras que através de sua mediunidade já ministravam passes mediunizadas ou não. Haviam também as pajelanças onde o nativo brasileiro (índio) fazia seu culto às suas divindades pedindo saúde, proteção etc.

Quero deixar claro que não desmereço e tampouco não reconheço o que a história religiosa conta a respeito do marco religioso do 15 de novembro de 1908 o que quero colocar em discussão é o fato de já haver traços do culto umbandista espalhados pelo Brasil ocorrendo, na maioria das vezes, de forma anonima porém não menos eficiente. O fato é fazer a caridade sem ver a quem.

Talvez não sejamos tão numerosos nas estatísticas do IBGE porque muitos de nós ainda têm vergonha de se assumir Umbandistas ou Candomblecistas ao responder a pergunta sobre confissão religiosa dos sensos. A grande maioria dos Umbandistas ao responder essas perguntas se declaram espíritas ou católicos o que, ao meu ver, é errado. Temos uma religião tão rica e tão linda como qualquer outra que prega o amor, a caridade e a união sempre! O que estraga qualquer religião, infelizmente, é o fator humano com os seus maus praticantes. Mas essa discussão é tema para outro texto.

Um abraço fraterno. 


Pai Daniel
O Japa Umbandista


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lua Grande? Lua Pequena?Uma Lua? Ai meu Deus, qual a diferença???

As quartinhas na Umbanda

O Alguidar na Umbanda