Caminhando sob a capa de Tranca Ruas

Vou começar este artigo com um dos versos de um ponto cantado muito conhecido "quem tem fé tem tudo, quem não tem fé nao tem nada" estas palavras resumem bem o que aconteceu comigo e passo a narrar neste artigo.

Certa vez estava voltando para casa, não me lembro de onde, era tarde da noite em uma determinada parte do trajeto percebi estar sendo seguido. Sabe quanto temos aquela sensação de que algo ruim vai acontecer? Bem... era essa sensação que eu tinha naquele momento.

Olhei para trás constatei estar sendo seguido por um homem que não parecia ter outra intenção senão me assaltar, continuei caminhando a passos acelerados e percebi que a medida que eu acelerava meus passos o homem também acelerava os seus.

Não sei de onde tirei coragem continuei andando, entrelacei as mãos espalmadas para baixo e disse em voz alta, ainda andando, Laroyê Sr. Tranca Ruas das Almas, Tranca Ruas das Almas é Mojuba e Laroyê Senhor Capa Preta das Almas, Capa Preta das Almas é mojubá, com fé e confiante que seria socorrido.

Dei mais alguns passos e vi o homem dando meia volta e saiu correndo, não sei de que, só me lembro é que não fiquei lá para descobrir, acelerei os passos rumo à minha casa e ao chegar peguei 2 velas pretas, 2 copos de marafo e 2 cigarros e logo os ofereci aos Srs Tranca Ruas e Capa Preta.

Quem tem fé tem tudo, quem não tem fé não tem nada!!!!

Salve a banda desses Exus que me guardam e guiam!!!!

Laroyê Exu!!! Exu é mojubá!!!

Abraço fraterno.

D A N I E L

Comentários

Anônimo disse…
Gostei muito da forma que vc esplicaou seus artigos. Parabéns.

Postagens mais visitadas deste blog

Lua Grande? Lua Pequena?Uma Lua? Ai meu Deus, qual a diferença???

As quartinhas na Umbanda

O Alguidar na Umbanda