Ser Feliz e ter alegria de viver.


Caros irmãos blogueiros.

Já faz algum tempo que não escrevo um artigo aqui para o blog, não gosto de postar qualquer artigo aqui só pra dizer que estou produzindo algo. Prefiro produzir artigos ao menos com bom conteúdo que escrever qualquer porcaria.

Por essa razão estive refletindo muito sobre o que escrever aqui, e como nada é por acaso, o preto velho que me acompanha, me sugeriu falar sobre ser feliz e alegria de viver.

Sei que não são temáticas umbandistas, mas são temas ligados à espirituaidade que também é uma preocupação deste blog e porque não, minha também.

Enquanto pensava no que escrever Pai Guiné se aproximou e me trouxe flashes da última gira de pretos-velhos que participei me fazendo lembrar de alguns consulentes que passavam por ele em consulta.

Pai Guiné é um preto velho que sempre recebe os filhos com carinho e afeto e sempre costuma perguntar: "tá tudo bem com suncê fio?"

Em geral as respostas são: "Não Pai" seguidas de lágrimas ou a abertura de papéizinhos e papéizinhos com nomes de pessoas igualmente com problemas.

Lembrando de toda essa situação, estive me perguntando se realmente nós sabemos ser felizes.

Será que realmente sabemos dar valor ao que temos? Somos gratos por tudo que recebemos?

Chego a conclusão que não.

Nossos amados pretos-velhos sempre vêm com mensagens de amor e otimismo, onde mostram que é simples ser feliz, que não se precisa de muito para alcançar a alegria de viver.

Sempre condicionamos nossa felicidade a algo ou a alguém.

Até quando vamos insistir em dizer: "Se eu ganhasse mais eu seria feliz..." ou "Se eu fosse magro eu seria feliz..."?

Sermos gratos por aquilo que temos é o primeiro passo para pode esperar mais de Deus ou da própria espirituaidade.

Seria hipocrisia de minha parte eu dizer que dinheiro não traz felicidade, pois sem o dinheiro não é possível conquistar nosso sustento material, ou seja, alimentar, vestir, etc.

Assim, deixo a seguinte frase para reflexão:

A verdadeira felicidade e alegria não estão naquilo que temos, mas sim no que somos.

Abraço fraterno.

D A N I E L

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lua Grande? Lua Pequena?Uma Lua? Ai meu Deus, qual a diferença???

As quartinhas na Umbanda

O Alguidar na Umbanda