Quando se iniciar?


Salve, salve Galerinha do bem!


Hoje achei ser o momento de escrever sobre um assunto que julgo importante que é o momento de se iniciar seja na Umbanda, no Candomblé ou qualquer outro culto de matriz africana. A iniciação é um ato muito sagrado que cria um elo, um laço muito bonito e sagrado entre o neófito e o Orixá ao qual ele se entrega nos atos que compõem a iniciação.

Tenho percebido que muitas pessoas se encantam com a religião, entram para a corrente de um terreiro e mau entram já querem se iniciar e pouco tempo após iniciados decidem deixar o santo por "N" motivos. Muita calma nesta hora!!! Orixá não é brinquedo com o qual se brinca e depois que se cansa joga fora, Orixá é assunto sério para quem tem costas pra suportar!!!

É fundamental observar como é o processo de iniciação até onde é permitido, é claro, conversar com os mais velhos sobre como é a vida de iniciado, quais as responsabilidades, quais são os deveres, pois como todos sabemos a iniciação traz consigo responsabilidades e deveres.

Dessa forma é fundamental amadurecer o desejo de ser iniciado, pois em alguns casos, esse desejo é apenas um fogo de palha aceso pela beleza e encantamento dos atos religiosos, das festas, dos trabalhos, até do dia-a-dia do terreiro.


Pense bem! Esteja certo de que o passo que estará dando é o melhor para você e sua vida. Se você está preparado para suportar o que algumas pessoas veem como a parte difícil que são os preceitos, o preconceito etc.

Se a resposta for sim para tudo e, principalmente, essa reposta vier do coração, então, você está preparado para se iniciar! Aí sim lhe desejo tudo de muito bom nesse novo caminhar, que seu Orixá te cubra de bençãos e proteção.

Meu abraço fraterno a todos.

Pai Daniel
O Japa Umbandista



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lua Grande? Lua Pequena?Uma Lua? Ai meu Deus, qual a diferença???

As quartinhas na Umbanda

O Alguidar na Umbanda