Umbanda X Internet

Caros irmãos blogueiros que acompanham esse blog,

Peço desculpas pela demora na produção dos artigos que público aqui.

Como prezo pela qualidade do que é veículado aqui me peguei num momento de reflexão nesses últimos tempos que quero compartilhar com vocês, confeço que ainda não cheguei a uma conclusão quanto ao que irei dissertar aqui, mas espero em breve ter uma opinião a respeito.

O título de meu artigo já diz um pouco do que pretendo abordar no desenvolver da dissertação que é a relação Umbanda X Internet ou indo um pouco além Cultos Afro-Brasileiros X Internet. E porque não dizer Cultos Afro-Brasileiros X Internet e massificação da informação.

As grandes comunidades virtuais como Orkut, MySpace, Twitter entre tantas outras, além de blogs como o meu têm disseminado muito conhecimento e também discussões e até brigas por pontos de vista contrários.

Eu mesmo, sigo uma linha doutrinária da Umbanda que tem como meios de informação de seus ensinamentos a publicação de livros além do ensino através de cursos.

Sempre defendi com unhas e dentes a corrente de pensamento que sigo, mas estou começando a colocar alguns valores na balança que está flexibilizando um pouco o meu jeito aguerrido com relação aquilo que sigo e acredito.

Hoje me peguei questionando a mim mesmo se a doutrina na qual fui iniciado não tivesse sido a que sigo hoje, tivesse sido a mesma doutrina daqueles que hoje apedrejam tanto o precursor da doutrina que sigo, como a nos seguidores, se eu não estaria no mesmo lugar desses que me apedrejam hoje.

Acredito que sim, pois nessa minha caminhada de aprendizado e crescimento espiritual eu tocia o nariz para a técnica de terapia holística Reiki e hoje me pego me preparando para fazer o curso de Reiki Master.

Tenho pra mim que valores mudam, e o preconceito pode ser transformado, assim como tantos outros pontos de vista que eu tinha como verdades universais eu transformei.

Ai eu pergunto.

Será que essa massificação do conhecimento e doutrina Umbandistas pela internet e livros é positivo?

Até que ponto isso pode ser prejudicial ou providencial?

Aqueles que quizerem opinar sobre o tema publicado nesse artigo fiquem a vontade para deixar seus comentários.

Abraço fraterno.

DANIEL

Comentários

Alemao disse…
Bem...
eu acho que pode ser muito bom aos que buscam uma ajuda pela internet pois muita gente tem medo ou até mesmo vergonha de ir a algum lugar pessoalmente pedir ajuda e tudo mais
porémm nem tudo é positivo
muita gente tem preconceitos com todos de umbanda dizem muita besteira sobre nós
porém eu acho uma boa idéia
tanto que existem pais de santo que ajudam por telefone, internet e tudo mais
bem espero que ajude em sua conclusão amigo
abraço

Postagens mais visitadas deste blog

Lua Grande? Lua Pequena?Uma Lua? Ai meu Deus, qual a diferença???

As quartinhas na Umbanda

O Alguidar na Umbanda