Transformações na vida do médium.


Salve, salve, Galerinha do bem!!!



Estou aqui mais uma vez depois de um longo afastamento do blog. Estive ausente, pois estava passando por um momento de grandes dúvidas, escolhas, mudanças em minha vida e  no meu caminhar religioso. Cheguei ao final deste processo depois do carnaval, após refletir muito.

Vivi longos e felizes 20 anos na Umbanda, religião que me acolheu, amparou e sustentou em meus momentos de dor, de angústias, de dúvidas e incertezas. Foi também na Umbanda que encontrei meu caminho vocacional dentro do caminho dos sagrados Orixás que foi ser Pai.

Sou e sempre serei grato ao Pai Pena Verde por ter acreditado em mim e ter me coroado Pai. Jamaisme esquecerei da obrigação no Santuário Nacional da Umbanda em que ele coroou meu irmão Pai Diego de Ogum e a mim Pai na religião.

Por diversas razões a vida foi me conduzindo por outros caminhos, me apresentando e consagrando em outros fundamentos através das mãos de meu atual Pai de Santo a quem sou e sempre serei grato pelo acolhimento e pelo amor e paciência em ensinar coisas novas a um cão velho como eu.

Então chego ao motivo desta postagem. Em julho estarei me afastando por algum tempo do Blog por que irei me recolher para passar pelos rituais de iniciação no Candomblé de Angola quando passarei a ser muzenza.

Em meu coração continuarei Umbandista, pois jamais renegarei a fonte onde bebi, me alimentei, nasci e cresci.






Meu abraço fraterno a todos!!!


Até a volta!!!


Daniel
O Japa Umbandista

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lua Grande? Lua Pequena?Uma Lua? Ai meu Deus, qual a diferença???

As quartinhas na Umbanda

O Alguidar na Umbanda