Tronqueira


Salve, salve galerinha do bem!!!

Espero que estejam bem. Estou retomando meu projeto do blog com força total e vou procurar postar com regularidade um texto sobre temas importantes sobre nossa religião e também sobre espiritualidade.

O tema do texto de hoje é tronqueira. 

Quando se inicia na religião, principalmente quando se vem de outro sistema de crença religioso como o Espiritismo ou o Catolicismo é muito comum se ver em meio a uma correnteza gigantesca de informações que temos que assimilar rapidamente.

Hoje quero explicar o que é uma tronqueira, para que serve, qual é a sua importância em um terreiro de Umbanda. A maioria dos iniciantes segue o que os mais velhos fazem meramente num gesto de repetição, o que ao meu ver, não é bom, pois quem repete nem sempre tem consciência daquilo que diz ou faz.

Tronqueira é o local onde se encontram os assentamentos e firmezas de esquerda de um terreiro de Umbanda, normalmente é um local fechado cujo acesso, dependendo do terreiro pode ser restrito ao dirigente espiritual (Pai ou Mãe de Santo) e médiuns devidamente preparados para cuidar desse espaço sagrado (Pais e Mães Pequenos). 

Normalmente se localizam à frente do terreno do lado esquerdo de quem entra, mas em função da crescente diminuição de espaço das edificações em espaços urbanos nem sempre é possível abrir este espaço como citei no início deste parágrafo o que leva a fazê-lo em outras partes da edificação. 

Falando de forma bem simples tronqueira é a casa de Exu e Pombogira. É onde ficam seus elementos ritualísticos ou como já mencionei anteriormente seus assentamento e também é o local onde recebem suas oferendas como o ipadê, as bebidas, charutos, cigarros, cigarrilhas, etc. 

É nesse ponto de forças onde os Exus e Pombogiras buscam forças para seus trabalhos e também retém parte da negatividade e obsessores que acompanham os consulentes para o dia de trabalhos. Algumas casas ensinam seus filhos a saudarem a tronqueira virando-se de frente para ela, entrelaçando os dedos das mãos espalmadas para baixo dizendo "Laroyê Exu, Mojubá Exu" pedindo licença para entrar.

Espero ter ajudado aos iniciantes que buscam em meu blog uma fonte de informação, mas saliento que não há fonte de informação melhor que seu Pai ou Mãe de Santo!

Meu abraço fraterno.

Pai Daniel

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lua Grande? Lua Pequena?Uma Lua? Ai meu Deus, qual a diferença???

As quartinhas na Umbanda

O Alguidar na Umbanda