Injustiça Federal

Prezados irmãos em Oxalá.
Como bom filho de Xangô, não posso consentir que tal barbaridade seja verdadeira.
Recentemente um juiz federal proferiu um julgamento no qual afirma que o Culto de Nação (Candomblé) e a Umbanda não são religião.
Para aumentar ainda mais o preconceito, segundo o que li em redes sociais, ele afirma que os referidos cultos não podem ser considerados religião por não possuirem um texto base ou livro sagrado, hierarquia e um Deus para ser louvado.
Ora meritíssimo senhor juiz... bem se vê que o senhor desconhece nossa religião e religiosidade.
Em primeiro lugar possuímos um Deus para ser louvado sim. Apenas o denominamos de uma forma diferente. Para nos ele é Olorum, Zambi enquanto para outros é Deus.
Melhor ou pior? Não! Apenas diferente!
Segundo. Nossa religião não tem texto base ou livro sagrado porque está fundamentada na oralidade, ou seja, todo conhecimento é transmitido na convivência no terreiro do mais velho ao neófito.
Repito. Melhor ou pior? Não! Apenas diferente!
Terceiro. Não temos hierarquia? Temos sim, meritíssimo! E é extremamente respeitada. Apenas não precisamos eleger um líder vitalício ou sumo pontífice, pois cada terreiro tem suas regras, sua lei, onde a última palavra é proferida peli pai ou mãe de santo e é acatada por todos.
Torno a repetir! Melhor ou pior? Não! Apenas diferente!
Cabe salientar que no Brasil o Estado é laico e nossa constituição nos confere o direito à liberdade de culto e crença.
Peço desculpas a todos pelo desabafo.
Meu saravá fraterno a todos.
DANIEL.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lua Grande? Lua Pequena?Uma Lua? Ai meu Deus, qual a diferença???

As quartinhas na Umbanda

O Alguidar na Umbanda