Caçadores de milagres

Prezados amigos blogueiros,

O tema que abordarei hoje em meu artigo é delicado de se tratar, mas é necessário que alguém toque nessa ferida.

Gira após gira tenho me deparado com pessoas, das mais diversas origens, níveis culturais e socio-econômicos, mas em geral sempre buscando a mesma coisa. Sempre atrás das respostas que desejam ouvir para os seus problemas, ou a receita milagrosa do tipo Alacazam, Abracadabra ou de um pozinho de Pirlimpimpim para solucionar instantâneamente seus problemas, sem ter que arregaçar as mangas e ir em busca daquilo que procuram.

As vezes sinto que a maior parte de nossos consulentes vêem nossos guias como clones de Jesus, prestes a fazer algum milagre em sua vida, ou como a fada madrinha de Cinderela que com o balançar de sua varinha de condão faria uma vida de gata borralheira se transformas em vida de princesa.

Muitos se esquecem que devemos merecer o que recebemos, um exemplo disso é na vida material. Para recebermos nosso salário no final do mês temos que trabalhar 30 dias para ao final desse período percebermos em nossas contas bancárias um numerário. Assim também é com a espiritualidade, você já parou pra pensar o que fez de bom pelo teu próximo no dia de hoje?

É necessário que deixemos de passar pela vida como meros expectadores e passemos a participar ativamente dela, nos moldando e lapidando dentro de valores éticos e morais próprios de nossa sociedade.

Bem esse é um atigo curto, que está mais para desabafo que propriamente um artigo.

Avraço fraterno.

Daniel






Comentários

Margot disse…
Então Daniel, eu era a 2 anos atras um caçador de milagres em centros kadercistas, mas aprendi que as coisas não são assim do tipo alacazam.Uma pergunta uma das nossas obrigações para quem nos procura, não seria de orientas de que as coisas não acontecem do dia para noite e que precisa-se merecer para que elas aconteçam ?
paidanieldexango disse…
Rubens Garcia,

Sim, uma de nossas obrigações é a de esclarecer nossos assistidos quanto ao trabalho que se processa dentro de nossos terreiros e também em relação a Lei do merecimento.

Abraço fraterno.

Daniel

Postagens mais visitadas deste blog

Lua Grande? Lua Pequena?Uma Lua? Ai meu Deus, qual a diferença???

As quartinhas na Umbanda

O Alguidar na Umbanda